.:: UNICRUZ - NAE - Núcleo de Apoio ao Estudante ::. .:: UNICRUZ - NAE - Núcleo de Apoio ao Estudante ::.  
.:: UNICRUZ - NAE - Núcleo de Apoio ao Estudante ::. .:: UNICRUZ - NAE - Núcleo de Apoio ao Estudante ::.

(55) 3321 1553
napdh@unicruz.edu.br


APRESENTAÇÃO


     A Universidade de Cruz Alta, em agosto de 2011 foi convidada a ser parceira da Rede Escola de Governo do Estado do Rio Grande do Sul. A parceria partiu da possibilidade da instituição desenvolver um trabalho junto aos servidores públicos e agentes sociais no que diz respeito às diversidades sociais, especialmente a questão do envelhecimento populacional, das necessidades especiais e da diversidade sexual e de gênero. A partir disso então, estabeleceu-se para a Instituição desenvolver o Programa Gestão de Políticas Públicas para os Direitos Humanos: Necessidades Especiais, Diversidade Sexual e Geracional (Envelhecimento). Foi nesse momento que o interesse da Instituição em trabalhos que tenham os Direitos Humanos como tema central se tornou mais palpável.
     Cabe destacar que as temáticas enfatizadas nos programas da UNICRUZ, vieram de encontro com as atividades já desenvolvidas desde o ano de 2000, através de seus grupos de pesquisa, como o GIEEH – Grupo Interdisciplinar de Estudos do Envelhecimento Humano e GPEHP – Grupo de Pesquisa em Estudos Humanos e Pedagógicos, em projetos de pesquisa e extensão na área do envelhecimento e das necessidades especiais, tendo em vista o respeito aos direitos humanos de inclusão e às diversidades.
Inicialmente, estes projetos de pesquisa e extensão eram desenvolvidos de forma isolada pelos pesquisadores específicos de cada área havendo ainda pouca interação entre as diferentes áreas do conhecimento.
     Após firmar a parceria com a Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos do Rio Grande do Sul e início da execução do programa da rede escola de governo UNICRUZ com ênfase Direitos Humanos: Necessidades Especiais, Diversidade Sexual e Geracional (Envelhecimento) em direitos humanos percebeu-se a necessidade da criação de um Núcleo de direitos Humanos com características interdisciplinares. Desta forma seria possível a discussão de todas as temáticas abordadas pelos Direitos Humanos como: diversidade étnica, ética, transparência, cidadania, dentre outras possibilidades de criação de novos grupos temáticos.
     A UNICRUZ atua na comunidade de Cruz Alta como auxiliar no enfrentamento das ameaças e lesões aos direitos humanos. Para isso, atualmente, conta com – atuando através dos mais variados cursos de graduação e pós-graduação lato e stricto sensu - programas, projetos de pesquisa e extensão, além de ações comunitárias isoladas e convênios estatais para fomentar as ações em prol da proteção dos mesmos (a exemplo da já citada Rede Escola de Governo, promovendo seminários e capacitações e do Projeto Profissão Catador, conveniado à Petrobrás, que, certamente, auxilia na promoção da não violência com o incentivo ao trabalho). Isso, sem dúvida, justifica a criação de um Núcleo de Ação em Pró-Direitos Humanos e do presente projeto, para fomentar atividades específicas nas áreas temáticas que tal Núcleo abarca.
     Assim, em 25 de abril de 2012 foi aprovado pelo Conselho Universitário o regulamento do Núcleo de Ação em Pró-Direitos Humanos da Universidade de Cruz Alta.
     Este Núcleo tem por objetivo geral desenvolver atividades de ensino, pesquisa e extensão em direitos humanos e cidadania, mediante o emprego de abordagem interdisciplinar do interesse da Universidade de Cruz Alta, da comunidade externa e de instituições parceiras.
     Reside aí a importância de se promoverem ações que beneficiem a comunidade de maneira geral no sentido de reconhecer e conviver com as diversidades, respeitando-as em todas as suas dimensões éticas, sociais, políticas, culturais, mas acima de tudo, o respeito ao direito humano de viver à sua maneira, com a sua idade, condição sexual, de cor, de raça, de tribo ou de condição social.